segunda-feira, 20 de abril de 2015

O deserto com flores

Areia ardente e agreste
Caminho meio louco
De sede
Quero beber, saciar-me
Flor do deserto
Teu sumo sacia minha sede
Meu desejo
Caminho meio louco
Balbucio ideias loucas
Estou louco
No deserto
De ardentes areias
Flor numa miragem
Oásis de leite e mel
Caminho
Sem destino
Sem fim
Queimando-me
Nas areias do deserto


18 de Abril de 2015

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nobita escreveu: