quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Extractos II

...............
- Desculpe-me minha cara, se não suporta a escuridão não me suporta a mim. Eu sou a escuridão, por onde passo tudo fica negro e acho que já lhe causei mal suficiente. A minha vida é negra! Exclama Jonas preparando-se para sair.
- Não me deixes só, eu posso trazer um pouco de luz à tua vida!
- Achas? Desculpa ser tão cruel, porque estavas a passear à noite com o teu miserável cão que tu tanto amavas e não estavas em casa a iluminar uma família? Se tens assim tanto brilho, tanta luz porque estás só? Desculpa-me minha querida por hoje para negrura chego eu!
................

Em "Jonas o Louco" de Jimmy

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nobita escreveu: