segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

A Pérola

Longe, lá longe está ela
Sinto sua falta, seu calor
Sorriso cristalino, doce
Ostra fugidia que me encanta
Longe do meu ardor
De mão estendida suplico
Dá-me o teu calor
Com um sorriso se afasta
Uma vida, uma espera
Esperança que se esfuma
No horizonte
Coração ardido suspira
Tua pérola perdida
Concha meu amor
Tão longe que tu estás


21 de Dezembro de 2014

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nobita escreveu: