sábado, 2 de janeiro de 2010

Voando

De asas abertas
Abraçando o mundo
Pairando
Sentindo o azul
A solidão que assola
Alma errante
De voos alucinados
De fantasias loucas
De rocinantes cavalgadas
Guerras e pelejas
Coberto de cicatrizes abraça o mundo


2 de Janeiro de 2010

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nobita escreveu: