sexta-feira, 29 de maio de 2015

Sem título... basta a loucura!!!!

Estou aqui sentado na minha secretária olhando com ar vazio um ecrã que nada me diz e nada me dá de novo. Sou subjugado pelas recordações que me afogam o espírito, que me inquietam. É triste a saudade, é triste a solidão e neste momento é apenas o que sinto. O manto enorme e negro da solidão. Está tudo longe, tudo inalcançável, resta-me apenas o vinho amargo no fundo de uma caneca onde jazem algumas moscas afogadas na sua ansia. Estou aqui sentado e escrevo a minha alma. Daqui a um pouco irei para o mar onde poderei olhar o horizonte, onde poderei sonhar pois o mar tudo permite, é o local onde os sonhos são realidade morando lá longe, naquela linha para onde navegamos e nunca alcançamos. um dia irei para casa, descansar e falar com os meus gatos, discutir filosofia com o Fu, política externa com o Nobita e sonhar na minha varanda olhando o recorte do horizonte, o recorte da serra, o recorte da cidade a que eu não pertenço.
Não estou triste, estou melancólico, estou saudoso, de vida, de um sorriso... entretendo vou ouvindo Sigur Ros...
Ainda hoje sinto saudades de uma paixão que tive aos dez anos, maldito este cérebro de minhoca.... adeus sorriso bonito, faz boa viagem.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nobita escreveu: